Gerenciamento de Risco

Sumário Executivo

O Banco MUFG Brasil S.A. considera o processo de gerenciamento de riscos essencial em todas as suas atividades, utilizando-o para agregar valor aos seus negócios, proporcionar suporte no planejamento de suas atividades e maximizar a utilização de recursos próprios e de terceiros em benefício de seus acionistas e da sociedade.

Consideramos, ainda, que a adoção destas medidas é altamente relevante em virtude da crescente complexidade dos produtos e serviços oferecidos no mercado, assim como pela globalização dos negócios.

Por esta razão, o Banco MUFG Brasil S.A. aprimora continuamente suas atividades relacionadas ao gerenciamento de riscos, aplicando e aliando as melhores práticas do mercado financeiro internacional às práticas locais e proporcionando adequada cultura de riscos na Instituição.

A estrutura organizacional para o gerenciamento de riscos no Banco MUFG Brasil S.A. segue a metodologia de linhas de defesa, na qual a Primeira Linha de Defesa é representada pelos Departamentos da Instituição. Cada colaborador, no cumprimento de suas atividades diárias, é responsável pela gestão dos riscos inerentes aos processos sob sua responsabilidade, além de garantir a implantação e execução dos controles necessários para manutenção dos patamares de exposição ao risco.

A Segunda Linha de Defesa, composta pelos Departamentos de Gerenciamento de Riscos e Compliance tem por atribuição a responsabilidade pelo monitoramento dos riscos de crédito, mercado, liquidez e operacional de forma independente, garantindo que a primeira linha de defesa esteja realizando um adequado gerenciamento dos riscos, considerando os processos de identificação, avaliação, mitigação, monitoramento e reporte de riscos, demonstrando o compromisso da instituição com o tema e assegurando um gerenciamento adequado que também atenda às exigências do regulador e aos conceitos emanados pelo Novo Acordo de Capital da Basileia (Basileia II). O Departamento de Compliance tem por atribuição a responsabilidade pelo monitoramento dos riscos regulatórios, procurando mitiga-los de acordo com a complexidade dos negócios do MUFG.

A Terceira Linha de Defesa é representada pela Auditoria Interna, que atua de forma independente, avaliando a efetividade dos processos definidos pela Primeira e Segunda Linha de Defesa, assegurando qualidade do ambiente de controles nesses processos.

A diretoria da Instituição supervisiona os riscos da instituição através do Comitê Integrado de Riscos e demais Comitês Executivos subordinados à Presidência onde são apresentados e escalados os níveis de apetite ao risco (tolerâncias e métricas) definidos e potenciais desvios. Além disso, realizam o adequado acompanhamento dos principais processos e políticas estabelecidas.

Veja ao lado a estrutura de Gerenciamento de Riscos do Banco MUFG Brasil:

O Banco MUFG Brasil aprimora continuamente suas atividades relacionadas ao gerenciamento de riscos, aplicando e aliando as melhores práticas do mercado financeiro internacional às práticas locais.

A estrutura organizacional para o gerenciamento de riscos no MUFG Brasil conta com a participação diretiva, mediante o funcionamento de comitês executivos subordinados à Presidência. Tais comitês estabelecem as políticas e diretrizes para o acompanhamento dos riscos.

Há, também, uma área independente da área de negócios, o Risk Management, que tem por atribuição a responsabilidade pelo monitoramento dos riscos de crédito, mercado, liquidez e operacional de forma integrada, demonstrando o compromisso da instituição com o tema e assegurando um gerenciamento adequado que também atenda às exigências do regulador e aos conceitos emanados pelo Novo Acordo de Capitais da Basileia (Basileia II).

Para saber mais a respeito de cada divisão, clique em uma das opções abaixo: