COVID-19

Coronavírus: Plano de Contingência do MUFG Brasil

O MUFG Brasil está monitorando de perto a pandemia do COVID-19 desde o início de março e adotou medidas de precaução para garantir a segurança e o bem-estar de seus funcionários, clientes, fornecedores e outros parceiros. No Brasil, além de manter contato próximo com as autoridades reguladoras do mercado financeiro e estar seguindo as diretrizes e normas divulgadas pelo Banco Central do Brasil, o Banco baseia-se em orientações do Ministério da Saúde, do CDC (Center of Disease Control) e da Organização Mundial da Saúde (OMS).  

Neste cenário, o Banco ativou seu Plano de Continuidade de Negócios para garantir a operacionalização e prosseguimento das atividades que envolvam os clientes. Durante este período, houve uma alteração no horário para processamento de operações de câmbio, a fim de garantir que todas as operações de câmbio sejam devidamente processadas e liquidadas, sem que haja atrasos ou contratempos aos clientes. Para saber mais, clique aqui.

O Plano de Contingência do Banco inclui medidas, como:

  • Adoção do home office para praticamente 100% dos colaboradores;
  • Cancelamento de todos os eventos internos e externos, substituição de reuniões presenciais por vídeo ou teleconferências e suspensão das viagens internacionais e nacionais;
  • Orientação aos colaboradores que tenham retornado de viagens internacionais ou que tiverem tido contato com casos confirmados para adotar permanecer em casa por 14 dias - tanto para casos de home office quanto para aqueles que desempenham atividades essenciais no escritório do Banco;
  • Reforço das medidas de proteção a ataques cibernéticos. Confira aqui algumas dicas de proteção.

Temos buscado oferecer segurança e bem estar a todos os colaboradores, fornecedores e clientes do Banco, sem prejuízo da manutenção dos elevados padrões de qualidade no atendimento.

O Grupo MUFG está operando há mais de 100 anos no Brasil e com presença em mais de 2.700 localidades, é um dos maiores bancos estrangeiros do mundo, com US$ 2,8 trilhões em ativos* e longo histórico de gestão conservadora de riscos, bem como forte liquidez e desempenho de crédito.

Para mais informações, por favor, entre em contato com seu gerente de relacionamento.

*Fonte: Bloomberg, Maio 2020.